domingo, 5 de junho de 2011

POR QUE A PÁSCOA MUDA DE DATA?

Em primeiro lugar, não se sabe em que dia Jesus nasceu, nem o dia em que Ele foi crucificado ou quando ressuscitou. A Páscoa segue um calendário lunar e não solar. Por isso mesmo, não se fixa uma data para a Páscoa, mas um dia de semana, ou seja, a Páscoa sempre cai em domingo, pois a ressurreição de Jesus aconteceu num domingo.  Num domingo especial celebramos o acontecimento central de nossa fé e este domingo (a Páscoa) sempre cai no primeiro domingo depois da primeira lua cheia, depois do dia 21 de março (entrada da primavera no hemisfério norte).

Não teria sentido fixar uma data, pois assim iríamos celebrar a Páscoa numa segunda-feira, numa terça etc. Imagine celebrar Sexta-Feira Santa num domingo ou numa quinta-feira?  Assim sendo, para alguns acontecimentos, como o Natal, se fixou uma data, sem, no entanto, saber se foi neste dia. A Páscoa, como celebra a ressurreição de Jesus, não poderia ser celebrada a não ser no domingo. Assim como a Sexta-Feira Santa não poderia ser celebrada numa terça-feira. Lembremos que essas datas são apenas celebrações ou memórias. Não se quer dizer que foi em tal dia. A Páscoa, desde o Antigo Testamento, sempre foi em uma data móvel.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário